Economia gota a gota

Empreendimento economiza até 20 mil litros de água por dia com reúso das gotas do ar condicionado.

Frente ao consumo crescente de água e às possibilidades de racionamento, uma das alternativas para equacionar a questão é o crescimento do reaproveitamento. Em Goiânia, a Órion Business & Health Complex mostra que é possível aproveitar até mesmo a água do dreno do ar condicionado. Esse procedimento evita o consumo de água tratada equivalente à necessidade diária de 134 pessoas.

Segundo a Agência Nacional das Águas (ANA), a demanda por água no Brasil deve subir em 30% até 2030.

Nesse contexto, a discussão sobre reúso de água está sendo impulsionada pela necessidade de melhorar a disponibilidade hídrica, principalmente, nos grandes centros urbanos.

No caso de Goiânia: a captação e reúso da água, que goteja nos drenos dos aparelhos da central de ar-condicionado, é armazenada em um reservatório e tratada dentro do edifício Órion.

Essa água será utilizada para uso na limpeza das áreas comuns e na manutenção dos jardins. “Só a irrigação de jardins no Órion consome cerca de 35 mil litros por dia”, informa Frank Guimarães, responsável pela obra.

O gotejamento, que é normalmente desperdiçado, é suficiente para suprir a necessidade diária de 134 pessoas, tendo em vista o cálculo da ANA, para quem cada pessoa consome no Brasil, em média, 150 litros de água por dia.

Fonte: Jornal Hora Extra